Esportes

Rafael Nadal arrasa americano e se classifica à terceira rodada em Roland Garros

Rei do saibro e maior vencedor da história em Roland Garros com 12 títulos, o espanhol Rafael Nadal arrasou mais um rival na edição de 2020 do Grand Slam que está sendo disputado em Paris, na França. Em 1 hora e 33 minutos, o atual número 2 do mundo derrotou o americano Mackenzie McDonald, apenas o 236.º colocado do ranking da ATP, com direito a um “pneu”, por 3 sets a 0 – com parciais de 6/1, 6/0 e 6/3.

Como se esperava, o duelo contra McDonald não passou de um treino para Nadal. O americano já esteve entre os Top 70 do mundo, chegou oitavas de final em Wimbledon há dois anos e tem uma vitória sobre o argentino Juan Martin del Potro como a maior façanha da carreira. Precisou, no entanto, operar o tornozelo e só retornou ao circuito profissional em janeiro deste ano.

McDonald tentava ser o segundo adversário do pior ranking a derrubar Nadal em torneios da ATP. A pior derrota do espanhol até agora aconteceu em Estocolmo, na Suécia, em 2006, quando foi superado pelo local Joachim Johansson, então o 690.º colocado do mundo. Sem um saque poderoso, o americano tentou surpreender com subidas à rede, mas não foi páreo para Nadal, que chegou a vencer 11 games seguidos.

+ “Filho é um inferno e atrapalha”, diz Fábio Porchat sobre não querer ser pai

Outros dois tenistas bem cotados em Roland Garros, o austríaco Dominic Thiem e o argentino Diego Schwartzman passarem sem sustos à terceira rodada. O primeiro, cabeça de chave 3, bateu o americano Jack Sock, ex-Top 10, por 3 sets a – com parciais de 6/1, 6/3 e 7/6 (8/6) – e o sul-americano ganhou do italiano Lorenzo Giustino, que veio do qualifying, também em sets diretos por 6/1, 7/5 e 6/0.

OUTROS JOGOS – Após eliminar o britânico Andy Murray, ex-número 1 do mundo, sem sustos na estreia, o suíço Stan Wawrinka encontrou um pouco mais de trabalho no duelo contra o alemão Dominik Koepfer, mas seguiu em frente ao triunfar por 3 sets a 1 – com parciais de 6/3, 6/2, 3/6 e 6/1. Seu próximo adversário será o convidado da casa Hugo Gaston, que bateu o japonês Yoshihito Nishioka também em quatro sets – parciais de 6/4, 7/6 (7/4), 3/6 e 6/2.

Cabeça de chave 21, o americano John Isner não fez valer o favoritismo e se despediu de Roland Garros na segunda rodada. O responsável por sua eliminação foi o compatriota Sebastian Korda, que anotou mais uma vitória no dia por 3 sets a 1 – com parciais de 6/4, 6/4, 2/6 e 6/4.

+ Polícia aborda ambulância com sirene ligada e descobre 1,5 tonelada de maconha

Outros tenistas que venceram nesta quarta-feira e avançaram à terceira rodada foram o americano Taylor Fritz (cabeça de chave número 27), o espanhol Pedro Martinez e o eslovaco Norbert Gombos.

Veja também

+ A incrível história do judeu que trabalhou para os nazistas na Grécia

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Conheça a nova Honda MSX 125 GROM

+ Novo Xiaomi Mi Box 4S por R$ 240

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar