Geral

Racismo: Garçonete denuncia ataques após cliente discordar de conta em bar

Crédito: Reprodução/TV Anhaguera

Racismo: Garçonete denuncia ataques após cliente discordar de conta em bar (Crédito: Reprodução/TV Anhaguera)

Kássia Morgana Rodrigues, de 26 anos, que trabalha em um bar em Anápolis, em Goiás, abriu um boletim de ocorrência na Polícia Civil após ter sofrido ataques raciais por uma cliente insatisfeita com a conta do estabelecimento.

Homem joga pedra em bebê e mãe aponta racismo: Me chamou de suja


Casal acusa restaurante de racismo em SP: Nós saímos muito constrangidos

Milhares protestam contra racismo e violência policial no Brasil

Em entrevista à TV Anhanguera, Kássia relatou que além das ofensas, ainda foi ameaçada com uma arma de fogo pelo pai da mulher. O caso aconteceu na última quinta-feira (05).

“Ela falou: ‘Você tem que desamarrar esse coque horrível, você é negra. Você tem que desamarrar esse cabelo velho e feio. Você não merece estar aqui, não merece esse serviço, amanhã eu vou mandá-lo [patrão] te demitir'”, contou Kássia.

A cliente chegou a sair do bar, mas um tempo depois o pai da mulher retornou ao local cobrando satisfações. Segundo testemunhas, ele teria levantado a camisa e mostrado uma arma. “O pai dela me ameaçou. Eu quero uma medida protetiva contra ele. Eu não o conheço, não sei quem é”, afirmou a funcionária do estabelecimento. De acordo com a TV Anhanguera, a vítima registrou o caso e deve ser ouvida na Delegacia de Anápolis. Os outros envolvidos ainda serão intimados para depor.