A queniana Brigid Kosgei conquistou o recorde mundial de maratona neste domingo em Chicago, ao fazer um tempo de 2h14:04, superando a britânica Paula Radcliffe, cuja marca datava de 2003.

Kosgei, de 25 anos, superou o recorde de Radcliffe (de 2h15:25) em Chicago, depois de ter conseguido já em setembro o melhor tempo da história em uma meia maratona feminina (1h04:28, ainda não homologado).

A queniana rapidamente se separou das mulheres para começar a correr com dois corredores masculinos.

Ela cruzou a linha de chegada sozinha, com as etíopes Ababel Yeshaneh (2h20:51) e Gelete Burka (2h20:55) distantes em segundo e terceiro lugar.

vg/gf/lda/mps/cl/aam

Assine nossa newsletter:

Inscreva-se nas nossas newsletters e receba as principais notícias do dia em seu e-mail

Siga a IstoÉ no Google News e receba alertas sobre as principais notícias