Quem nega o coronavírus apoia o genocídio, diz vice-governador de SP

Crédito:  Governo do Estado de São Paulo

“Quem nega o coronavírus apoia o genocídio” (Crédito: Governo do Estado de São Paulo)

O vice-governador de São Paulo, Rodrigo Garcia, condenou, em live na ISTOÉ, o presidente Bolsonaro por sua posição negacionista em relação à gravidade do coronavírus.

Com quase 2,5 milhões de infectados e mais de 90 mil mortos, o Brasil está no epicentro da doença, e o presidente insiste em minimizar a pandemia.

Por sorte, o Instituto Butantan, do governo paulista, em parceria com a chinesa Sinovac, está desenvolvendo a vacina. “É uma luz no fim do túnel”, disse Garcia.

Veja também

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Seu cabelo revela o que você come (e seu nível socioeconômico)

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2020 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.