Cultura

Quem fica com o trono?

Daenerys, Jon, Arya, Sansa, Tyrion, Bran. A menos de 24 horas do episódio final de Game of Thrones, que vai ao ar neste domingo, 19, às 22h, no canal HBO e na HBO GO, fãs da série ainda não sabem quem pode ficar com o trono de ferro – ou mesmo se ele continuará existindo.

Atenção: a partir de agora, o texto contém spoilers da 8ª temporada da série. Os Sinos, episódio que foi exibido no último domingo, 12, embaralhou muitas cartas. Cersei Lannister, que teve sua frota naval dizimada e viu Porto Real queimar antes de morrer soterrada, está fora do jogo. Daenerys, comprometida a incendiar inimigos e inocentes. Abatido, Jon Snow já não é obedecido por seus companheiros. Quem ressurge é Arya, coberta de sangue e cinzas, tentando salvar cidadãos do reino inimigo.

Se o episódio bateu recordes de audiência – foram 18,4 milhões de espectadores norte-americanos, entre televisão e serviços de streaming da HBO -, a popularidade dos roteiristas não parece estar tão em alta. Indignados com os rumos da série e dos personagens, fãs chegaram a criar uma petição online pedindo um ‘remake’ da temporada. Quase um milhão de pessoas assinaram o documento online.

A insatisfação dos fãs da série e alguns ‘furos’ no roteiro abrem brechas para que teorias invadam as redes sociais. Em uma delas, Jon mata Daenerys e foge para a muralha. Em outra, Sansa se torna a protetora do Norte. A mais ousada afirma que Bran, o Corvo de Três Olhos, será rei, constituindo um conselho que contará com Tyrion e outros ‘sábios’.

Em uma enquete lançada no portal no dia 6 de maio, o jornal O Estado S. Paulo pediu que seus leitores opinassem sobre quem deveria ocupar o trono de ferro. Jon, Daenerys e Sansa foram os favoritos, com 39%, 21% e 14% dos votos, respectivamente.

Defensora de Jon Snow, a técnica em ótica Josy Narciso não acredita que ele se tornará rei. “Ele seria um excelente governante, é honrado, honesto e ético.

“Mas seria um final previsível demais”, afirma. “Além disso, ele não quer o trono de ferro.” Josy destaca, no entanto, que não imagina um final com Jon morto. “Acho possível que o seriado termine sem Daenerys, sem Winterfell, sem Westeros, sem Essos, até com os caminhantes brancos voltando”, diz. “Mas, de alguma forma, o personagem dele estará presente. Seja como rei, protetor do Norte ou mesmo de volta à patrulha da noite.”

O estudante de engenharia de produção Robson Porfírio acredita que quem merece o trono é Daenerys. “Ela tem esse objetivo desde o começo, é quase uma questão de meritocracia”, afirma. Ele destaca a jornada da personagem, de ‘sombra’ do irmão à conquistadora de exércitos e libertadora de escravos.

Ao contrário de outros fãs de Daenerys, que estão indignados com a ‘transformação’ da personagem nos últimos episódios, Robson acredita que ela sempre teve uma veia ‘tirana’ – ao menos, contra inimigos. “Daenerys sempre foi impositiva e matou quando sentia sua autoridade ameaçada. Ela queimou reis de escravos assim como queimou Porto Real. A única diferença é que nós, telespectadores, ficamos mais chocados com o segundo caso”, afirma. Apesar da torcida, Robson acredita que Daenerys morrerá no último episódio.

Mesmo antes do ressurgimento heroico de Arya em Os Sinos, 11% dos votantes da enquete do Estado apostaram na jovem Stark. “Quem merece o trono é Arya. Ela é guerreira e justa desde criança”, afirmou a leitora Jamile Nonato. Muitos fãs que gostariam de vê-la ocupando o Trono, no entanto, destacaram que ela, assim como Jon, não tem sede por esse poder.

Com tantas possibilidades, o que parece consenso é a imprevisibilidade do final. “Desde a Batalha de Winterfell, GoT tem tomado caminhos bastante inesperados”, diz Robson. “Foi tudo tão diferente das expectativas que eu já não sei o que pode vir no último episódio”, afirma.

Para os fãs que não aprovarem o final, ainda há uma esperança: George R. R. Martin, autor da série As Crônicas de Gelo e Fogo, que inspirou Game of Thrones, ainda não finalizou os dois últimos livros. Ao menos na literatura, o destino dos Sete Reinos e de seus habitantes não está definido.

ONDE ASSISTIR

Confira 5 bares com programação especial para a ‘final’ do seriado:

Vila 567

O bar terá decoração temática e sósias dos personagens da série. A casa também sorteará garrafas do uísque White Walker, parceria da marca Johnnie Walker com o seriado, e um kit temático. Rua Aspicuelta, 567, Vila Madalena. Aberto das 15h às 2h. Entrada por R$ 40.

Godot Clube de Amigos

Camisetas temáticas da série serão sorteadas durante o último episódio. Além disso, os clientes contarão com drinks especiais, como hidromel e vinho com receita especial. R. Barão de Godofredo, 8, Vila Verde. Aberto das 18h às 6h. Entrada gratuita.

Boteco do Juca

Drinks autorais dedicados ao seriado estão no cardápio do bar. Em cada transmissão, uma caneca personalizada é sorteada entre os presentes. Rua Ibipetuba, 182, Mooca. Aberto das 17h à 0h. Entrada gratuita.

Avareza Beer & Burger

A casa terá dois telões para transmitir o último episódio de Game of Thrones. No cardápio, estão 7 tipos diferentes de hambúrgueres, além de cervejas artesanais. Rua Augusta, 591, Consolação. Aberto das 14h às 23h59. Entrada gratuita.

Willi Willie Bar e Arquearia

Além de assistir ao seriado, os clientes podem praticar arco e flecha. Al. dos Pamaris, 30, Indianópolis. Aberto a partir das 19h. Entrada a R$ 20.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.