Geral

Queiroz pagou 21 cheques para Michelle, diz revista

Crédito: Reprodução/Instagram

O ex-PM Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), depositou ao menos 21 cheques para a primeira-dama Michelle Bolsonaro. Os depósitos ocorreram entre 2011 e 2018 e totalizam R$ 72 mil. As informações foram reveladas pela Revista Crusoé.

A publicação teve acesso à quebra de sigilo bancário de Queiroz, autorizada pela Justiça na investigação do suposto esquema de “rachadinha” no gabinete de Flávio, então deputado estadual pelo Rio de Janeiro.

As informações obtidas com o extrato das movimentações de Queiroz contrariam a versão dada pelo presidente Jair Bolsonaro, em 2018, ao justificar um cheque de R$ 24 mil depositado por Queiroz na conta de Michelle. O depósito foi identificado no relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), que apontou movimentação atípica de R$ 1,2 milhão em uma conta de Queiroz.

Tanto Queiroz quanto o presidente dizem que o valor era referente ao pagamento de um empréstimo de R$ 40 mil ao PM aposentado.

 


+ Rapper implanta diamante de R$ 128 milhões no rosto
+ PR: Jovem desaparecida é encontrada morta; namorado confessa crime
+ Galo bota ovos e surpreende moradores de Santa Catarina

Veja também

+ Cientistas descobrem nova camada no interior da Terra
+ Aprenda 5 molhos fáceis para aproveitar o macarrão estocado
+ Vídeo: o passo a passo de como fazer ovo de Páscoa
+ Aprenda a preparar o delicioso espaguete a carbonara
+ Cientistas desvendam mistério das crateras gigantes da Sibéria
+ Sexo: saiba qual é a melhor posição de acordo com o seu signo
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago