Geral

Queiroga estuda rebaixar para endemia situação da covid no Brasil, diz Bolsonaro


Um dia após o Brasil atingir 650 mil mortes pelo novo coronavírus, e sem realizar qualquer comentário sobre o número, o presidente Jair Bolsonaro (PL) publicou nas redes sociais nesta quinta-feira que o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, estuda rebaixar para endemia o contágio da covid-19 no Brasil. Até o momento, a Organização Mundial da Saúde (OMS), que concentra os esforços globais para combater a doença, ainda não rebaixou o status da covid-19 de pandemia para endemia.

“Em virtude da melhora do cenário epidemiológico e de acordo com o parágrafo 2º do Art. 1º da Lei 13.979/2020, o @minsaude , @mqueiroga2 , estuda rebaixar para endemia a atual situação da covid-19 no Brasil”, publicou o presidente, em foto ao lado de Queiroga.

O artigo de lei citado diz que o ministro da Saúde é o responsável por dispor sobre a situação da emergência de saúde. O Brasil registrou ontem 335 novas mortes pela covid-19 e anotou 650.052 óbitos desde o começo da pandemia, segundo dados do consórcio de veículos de imprensa.