Geral

‘Quebrar muros nos fará cada vez melhores’, diz diretor das Arcadas

Os professores Floriano de Azevedo Marques Neto e Celso Campilongo tomaram posse nesta segunda-feira, 12, como diretor e vice-diretor, respectivamente, da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Ao longo dos próximos quatro anos, Azevedo Marques e Campilongo irão conduzir os trabalhos da tradicional e prestigiada instituição, que está perto de completar 200 anos de existência, criada juntamente com os Cursos Jurídicos no Brasil, em 1827.

O diretor disse que uma meta importante “é recolocar a São Francisco no debate nacional”.

“Não basta falarmos para dentro, somos demandados a nos comunicar com a sociedade. Temos que divulgar as pesquisas que fazemos e as atividades de extensão.”

Azevedo Marques fez seu pronunciamento no Salão Nobre da Sanfran. Ele apontou para os desafios que terá pela frente, entre os quais inserir a instituição no mundo digital, investir em intercâmbio e “convocar outros atores para contribuir pelo engrandecimento da SanFran, sem abrir mão da autonomia”.

“Quebrar muros nos fará cada vez melhores”, declarou.

Outra questão abordada por Azevedo Marques é o compromisso com a diversidade, medida possível em razão da reserva de vagas para estudantes menos favorecidos.

“A diversidade é uma riqueza e vai aumentar nos próximos anos”, disse, acrescentando que em 2021 metade do corpo de alunos será advinda da escola pública. “São estudantes com extremo desejo de aprender.”

“A cada ano a São Francisco forma mais de quatro centenas de graduados, outros tantos mestres e doutores. A maioria ocupará posições de destaque”, prevê Azevedo Marques.

Tópicos

direito posse USP