Mundo

Québec proíbe venda de maconha e álcool para não vacinados; busca por vacina sobe 300%

Québec proíbe venda de maconha e álcool para não vacinados; busca por vacina sobe 300%

A província do Québec, no Canadá, tomou novas medidas para estimular a população a se vacinar contra a Covid-19. Na semana passada, o governo anunciou a exigência da apresentação de um passaporte de vacinação para poder entrar em lojas de cannabis e bebidas alcoólicas administradas pelo Governo.

Após o anúncio das novas regras, o ministro da Saúde do Québec, Christian Dubé, informou que a busca pala primeira dose da vacina contra a Covid-19 aumentaram de 1.500 para mais de 6 mil por dia.


As medidas passam a valer a partir do dia 18 de janeiro. “A mensagem que estou enviando para as pessoas não vacinadas é que, se não forem vacinados, fiquem em casa”, apontou Dubé, que garantiu que o objetivo da política é limitar os contatos entre pessoas não vacinadas.

“Mais de 505 das pessoas que estão em tratamento intensivo no momento não foram vacinadas”, disse Dubé. “Queremos protegê-los de si mesmos.”

Dubé garantiu que as restrições nas lojas de bebidas e cannabis são “apenas o começo” e que os habitantes do Québec podem esperar restrições semelhantes em outros negócios não essenciais, incluindo centros comerciais. No Québec, pode-se comprar álcool em supermercados e lojas de conveniência, mas a marijuana só está à venda em lojas administradas pelo Governo.