Quer morar em um cenário da Disney? Em breve isso será possível
Divulgação

Na cena inicial de um dos maiores sucessos da Disney, A Bela e a Fera, a doce donzela que adora ler livros sobre “lugares distantes e príncipes disfarçados” abre a janela do quarto e canta para os vizinhos. O público vibra: como seria viver em um lugar perfeito como aquele? Ou nos ambientes futuristas de Guerra nas Estrelas e Avatar, por exemplo? Pois isso pode se tornar realidade em breve. Inspirados pelo seu tradicional e famoso lema – “Um lugar onde os sonhos podem se tornar realidade” –, a Disney, o maior conglomerado de mídia e entretenimento do planeta, anunciou a expansão dos seus negócios para o ramo imobiliário: vai construir bairros residenciais para quem deseja morar em cenários inspirados em seus principais desenhos.

Quer morar em um cenário da Disney? Em breve isso será possível
NA PRAIA Clima litorâneo à beira do enorme lago artificial: inspiração vem de animações como Moana e Lilo & Stitch (Crédito:Divulgação)
Quer morar em um cenário da Disney? Em breve isso será possível
Divulgação

Batizadas de “Storyliving by Disney”, algo como “vivendo nas histórias da Disney”, as comunidades não serão muito diferentes dos mais de 30 resorts que a empresa já possui espalhados pelo mundo. Além da equipe de funcionários que receberão treinamento nos parques temáticos da companhia, os moradores desses novos bairros terão acesso a experiências selecionadas, programação de bem-estar, entretenimento, aulas de culinárias, e empreendimentos filantrópicos – tudo isso, é claro, com a presença dos personagens da Disney. A primeira comunidade já tem local definido: será o Rancho Mirage, no Coachella Valley, Califórnia, o mesmo lugar onde é realizado um famoso festival de rock. A cidade, no entanto, foi escolhida por outro motivo: o próprio Walt Disney possuía uma casa no belo vale cercado de montanhas – que mais parece o cenário de Rei Leão –, refúgio onde gostava de passar os momentos de lazer ao lado da mulher, Lilian.

Quer morar em um cenário da Disney? Em breve isso será possível
ECOLÓGICO Projeto do parque central da nova comunidade: área verde faz referência ao paraíso de Avatar (Crédito:Divulgação)
Quer morar em um cenário da Disney? Em breve isso será possível
Divulgação

O bairro, chamado de Cotino, terá uma área de 2,5 milhões de metros quadrados e um condomínio com 1.900 casas. Terá também uma área reservada para moradores com mais de 55 anos, com atividades adequadas a esse público. Haverá ainda um lago artificial, sustentável, com 90 mil metros quadrados – o equivalente a dez estádios de futebol. Essa tecnologia, chamada de Crystal Lagoons, prevê a construção de grandes lagos com baixo consumo de água e energia. O local será inspirado em filmes como Lilo & Stitch e Moana. “Comprar um grande terreno em uma área de solo árido, financiada pela venda de loteamentos de luxo, é uma das melhores opções no setor imobiliário atual. A Disney vai vender água no deserto”, afirma André Magozo, dono de uma das principais agências imobiliárias da Califórnia, a Fab Homes.

Apesar do encanto prometido, o projeto também recebeu críticas. A Califórnia passa por uma crise hídrica e de moradia – o déficit habitacional no estado já passa de um milhão de residências e tende a crescer nos próximos anos. “A proposta vai contra tudo o que o estado precisa nesse momento. Enquanto o governo estuda meios de oferecer moradia ao maior número de pessoas e pesquisadores buscam alternativas para produzir mais água potável, a Disney vai criar um bairro elitista com um grande lago artificial”, afirma o arquiteto e urbanista Sandro Tubertini.

Depois de Cotino, outros lugares dos EUA já se preparam para receber comunidades semelhantes. Alguns deles, além de moradias, venderão ingressos para quem quer passar apenas o dia, estratégia semelhante aos parques temáticos em funcionamento atualmente. A Disney não informou quais serão os valores desses passes diários, nem o investimento necessário para comprar uma propriedade. Viver esse sonho, por enquanto, não tem preço.