ISTOÉ Gente

“Quanto mais o tempo passa, mais dói esse dia”, diz Gloria Perez


Nesta sexta-feira, 28, faz 26 anos que Daniella Perez foi morta por Guilherme de Pádua. “Quanto mais o tempo passa, mais dói esse dia”, desabafou no Instagram Gloria Perez, mãe da atriz assassinada.

A autora de novelas da Globo também falou sobre impunidade e a legislação a respeito de assassinatos. Gloria relembrou a importância do movimento que ela mesma liderou para incluir o homicídio qualificado na lei que define crimes hediondos (Lei 8.072/90).

Daniella tinha 22 anos quando foi morta em 28 de dezembro de 1992 por Guilherme de Pádua, seu par romântico na novela De Corpo e Alma. Ele teve ajuda da sua então esposa, Paula Thomaz. Segundo testemunhas, o ex-ator a matou por achar que seu personagem estava perdendo destaque na novela. Pádua foi condenado há 19 anos de prisão pela assassinar Daniella Perez. Paula Thomaz foi condenada a 18 anos.

Instagram will load in the frontend.


+ MS: Homem que revelou amante pouco antes de ser intubado deixa UTI-covid
+ Ratinho critica Dudu Camargo: ‘Só o Silvio gosta dele’



Veja também

+ Receita de bolinho de costela com cachaça
+ Descoberta no deserto do Kalahari leva a revisão da origem humana
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Vídeo: o passo a passo de como fazer ovo de Páscoa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS