Geral

Quadrilha aplica golpe em pessoas que têm dinheiro a receber da Prefeitura de SP

Crédito: Reprodução/TV Globo

Uma quadrilha fingia ser um escritório de advocacia e abordou mais de mil clientes que têm dinheiro a receber da Prefeitura de São Paulo. Eles diziam que a pessoa precisava pagar R$ 7 mil pelos serviços prestados para ter a liberação total do valor da dívida. As informações são do G1.

Uma vítima, que preferiu não se identificar, disse que recebeu uma mensagem informando que obteria os valores de uma ação movida contra a gestão municipal para receber os salários referentes à época do Plano Real.

“Eu falei com a advogada, que era a falsa advogada, e ela me orientou, me deu o número do processo. Tudo isso batia direitinho. Número do processo, o advogado que foi na Secretaria da Fazenda, tudo batia”, afirmou a vítima.

Porém, antes de receber a quantia de R$ 100 mil, os golpistas afirmaram que ela teria que depositar R$ 7 mil em uma conta de um despachante em Brasília referente às “custas processuais”.

Após o pagamento, a mulher não conseguiu mais entrar em contato com o falso escritório de advocacia.

O advogado Antonio Felisberto Martinho registrou um boletim de ocorrência após a quadrilha usar o seu nome para aplicar o golpe em cerca de 4 mil clientes que representa.

“Não dê dinheiro. Vocês têm dinheiro para receber, não para pagar. Na hora que a quadrilha liga é simplesmente falar o seguinte: ‘tudo bem, eu deposito os R$ 6.900, quando eu receber. Deposite na minha conta o precatório que eu repasso o valor'”, alertou Martinho.

A polícia informou que alguns dados dos processos são públicos, mas ainda não se sabe como os golpistas conseguiram acesso a todas as informações sobre os clientes.