Mundo

Putin propõe tratado de paz com o Japão sobre Ilhas Curilas

MOSCOU, 12 SET (ANSA) – O presidente da Rússia, Vladimir Putin, propôs nesta quarta-feira (12) a assinatura de um tratado de paz “sem condições preliminares” com o Japão, referente à disputa entre os dois países por quatro das 56 ilhas do arquipélago das Curilas, entre o leste russo e o norte japonês.   

“Vamos firmar um acordo de paz não agora, mas até o final do ano e sem pré-condições. Depois, continuaremos a tratar das questões controversas como amigos, baseando-nos no tratado de paz”, disse o mandatário russo, que participou do Fórum Econômico Oriental, realizado em Vladivostok, no leste russo. O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, sorriu após a declaração e pediu aplausos a Putin, mas ainda não apresentou uma resposta oficial ao líder do país vizinho.   

O arquipélago vulcânico, chamado pelo japoneses de “territórios do norte”, é alvo de disputa desde o fim da Segunda Guerra Mundial (1939-1945), quando os russos anexaram as ilhas antes dominadas por Tóquio. Durante os mais de 70 anos de negociações, o Japão chegou a propor que a região se tornasse território de jurisdição econômica mista, mas os diálogos não obtiveram avanço.(ANSA)