Por Walmor Parente, subeditor da Coluna

O PTB, o DEM e PSC caíram na malha fina da Justiça Eleitoral e foram condenados por terem usado mulheres apenas para atingir o percentual mínimo de 30% de candidaturas femininas. Um dado rastreado foi a quantidade de votos.

Uma das “candidatas”, Fábia Evangelista da Silva (PTB-PB), obteve apenas um voto. Também foi constatada prestação de contas idênticas, com despesas apenas de serviços contábeis e advocatícios.


Siga a IstoÉ no Google News e receba alertas sobre as principais notícias