PT sem candidato em 2022?

O ex-presidente Lula admitiu, em manifestação recente, que o PT pode não ter candidato próprio em 2022. Mas essa possibilidade hoje é remota e a própria fala de Lula aponta nessa direção. “Ou apresenta um candidato maior do que o PT ou não tem chance”. Desde 1989, o PT nunca deixou de concorrer a uma eleição presidencial. Apenas nos pleitos de 1994 e 1995, quando a eleição foi vencida no primeiro turno pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o PT não foi para o segundo turno. E saiu vitorioso do segundo turno por quatro vezes seguidas (2002, 2006, 2010 e 2014). Hoje, entre os nomes mais cotados no PT, pelo menos dois aparecem como favoritos: o do governador da Bahia, Rui Costa; e o do ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad, candidato à Presidência pelo partido em 2018.

A legenda ainda alimenta, mesmo sabendo que a chance é pequena, a esperança de que Lula consiga recuperar sua condição de elegibilidade. Essa possibilidade ganhou um novo fôlego na semana passada, após a licença médica do ministro Celso de Mello, que integra a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal. Ele analisa a suspeição do ex-juiz Sérgio Moro na condenação de Lula no caso do triplex do Guarujá (SP). A condenação do ex-presidente por Moro foi confirmada pelo TRF4 e resultou na inelegibilidade de Lula. A Segunda Turma é composta por cinco ministros: Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski, Cármen Lúcia, Edson Fachin e Celso de Mello. O julgamento foi suspenso após o pedido de vista de Gilmar Mendes quando o placar estava em 2 X 1 contra Lula. Restam os votos de Mendes e Celso de Mello.

Sem Celso de Mello, a Segunda Turma ficará temporariamente com quatro ministros e os votos de Lewandowski (que votou a favor) e Gilmar seriam suficientes para beneficiar Lula. Ou seja, o placar na Turma estaria empatado e, nesse caso, a própria norma processual aponta o caminho favorável ao réu. Embora essa possibilidade exista, é remota. Inelegível ou não, quem indicará o rumo do partido em 2022 será, como sempre, Lula. E dificilmente ele optará pela possibilidade de o PT concorrer apenas como vice, apoiando um candidato de outro partido na cabeça da chapa. No pleito de 2022, o PT deve enfrentar uma de suas eleições mais difíceis. Além de não conseguir unir as esquerdas, ver Jair Bolsonaro avançar no Norte e Nordeste, reduto lulista, a partir do pagamento do auxílio emergencial e do lançamento do Renda Brasil, uma nova roupagem do Bolsa Família.

No pleito de 2022, o Partido dos Trabalhadores deve enfrentar uma de suas eleições mais difíceis, com crescimento de Bolsonaro no Nordeste


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+Iveco fornecerá 1.048 caminhões blindados 8×8 ao Exército Alemão
+ Cientista desvenda mistério do monstro do Lago Ness. Descubra!
+ Modelo e atriz italiana paga promessa e posta foto ‘só de máscara’ após vitória da Lazio
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2021 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.