Economia

PT não analisará mérito do projeto da dívida de Moçambique e Venezuela, diz líder

O líder do PT na Câmara, deputado Paulo Pimenta (RS), afirmou nesta quarta-feira, 2, que o partido seguirá em obstrução e, por isso, nem sequer vai analisar o mérito do projeto de lei do Congresso enviado pelo governo abrindo crédito suplementar de R$ 1,3 bilhão para honrar dívidas com os bancos Credit Suisse e BNDES de dívidas não honradas pela Venezuela e Moçambique.

“Não vamos sair da obstrução enquanto não tivermos uma resposta da Justiça (em relação à prisão do ex-presidente Lula)ou for marcada data de julgamento da ADI (Ação Direta de Inconstitucionalidade sobre prisão após condenação em segunda instância). Portanto, não vamos sequer analisar o mérito do projeto”, afirmou o parlamentar gaúcho, em entrevista coletiva.

Veja também

+ Seu cabelo revela o que você come (e seu nível socioeconômico)

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Gésio Amadeu, o Chefe Chico de Chiquititas, morre após contrair Covid-19

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?