Mundo

Professor que criticou presidente chinês é libertado

SÃO PAULO, 13 JUL (ANSA) – O professor Xu Zhangrun, um famoso crítico ao governo do presidente chinês, Xi Jinping, foi libertado da prisão neste domingo (12), informam agências de notícias internacionais.   

A prisão de Zhangrun, que é professor de Direito da Universidade de Tsinghua, ocorreu no dia 6 de julho e os policiais apreenderam diversos equipamentos e documentos em sua residência. De acordo com as agências Reuters e AFP, amigos confirmaram a libertação do chinês. No entanto, nem o governo nem a instituição do ensino confirmaram a notícia. Conforme a esposa de Zhangrun, ele teria sido preso por supostamente ter pedido o serviço de prostitutas durante uma viagem de trabalho, fato que foi negado tanto pelo professor como por pessoas próximas.   

Desde 2018, o professor ganhou destaque por criticar o Partido Comunista Chinês e o fim da limitação de mandatos da presidência, o que beneficiou Jinping. (ANSA)

Veja também

+ Seu cabelo revela o que você come (e seu nível socioeconômico)

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Gésio Amadeu, o Chefe Chico de Chiquititas, morre após contrair Covid-19

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?