Agronegócio

Produção de ovos de galinha sobe 2,0% no 2º trimestre, diz IBGE

Rio, 12 – A produção de ovos de galinha ficou em 874,40 milhões de dúzias no segundo trimestre do ano, alta de 2,0% em relação ao primeiro trimestre e um avanço de 6,6% ante o segundo trimestre de 2017. Os dados são da Pesquisa Trimestral do Abate de Animais, divulgada nesta quarta-feira, 12, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Segundo o instituto, a produção de ovos de galinha do segundo trimestre de 2018 foi a maior já registrada para o período, “e também bateu o recorde de produção da série histórica”.

Houve aumento da produção, no comparativo dos segundos trimestres de 2017 e 2018, em 21 dos 26 Estados com granjas enquadradas no universo da pesquisa.

Os aumentos mais intensos ocorreram em Espírito Santo (+12,58 milhões de dúzias), São Paulo (+9,60 milhões de dúzias), Pernambuco (+5,51 milhões de dúzias), Ceará (+5,43 milhões de dúzias) e Mato Grosso (+5,41 milhões de dúzias).

São Paulo se manteve como maior produtor de ovos, com 29,1% da produção nacional, seguido agora pelo Espírito Santo (9,5%), Minas Gerais (9,3%) e Paraná (8,7%).