Economia

Privatização da CEB Distribuição, de Brasília, terá preço mínimo de R$ 1,4 bi

A privatização da companhia elétrica CEB Distribuição, responsável pelo fornecimento em Brasília, deve ter um preço mínimo de venda de R$ 1,42 bilhão. O valor foi informado pela CEB, em fato relevante divulgado no sábado (26).

O Conselho de Administração da CEB aprovou no sábado a convocação de Assembleia Geral Extraordinária com vistas à aprovação da alienação de 100% (cem por cento) das ações representativas do capital social total votante da CEB Distribuição S.A. (“CEB-D”). O leilão de venda será realizado na B3.

A assembleia foi marcada para o dia 13 de outubro de 2020, às 15 horas, online.

A empresa explicou que o valor se refere à média dos resultados líquidos das duas avaliações econômico financeiras elaboradas por consultorias autônomas e independentes, contratadas pelo BNDES.

No mês passado, a empresa assinou com o BNDES um contrato de prestação de serviços para a estruturação do projeto de alienação do controle societário da CEB Distribuição.

Veja também

+ Confira 4 dicas para descobrir se o mel é falsificado

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"

+ MG: Pastor é preso por crime sexual e alega que caiu em tentação

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar