Cultura

Príncipe Harry perde seu título, mas qual sobrenome ele usará?

É comum que os membros da família real britânica sejam chamados apenas pelo título e o nome, como rainha Elizabeth II ou príncipe Harry. Mas qual é o sobrenome que os membros da realeza do país usam?

Quando o príncipe Harry e sua mulher, Meghan Markle, renunciaram aos deveres que tinham na família real britânica, os dois perderam uma série de benefícios, entre eles, o título de Sua Alteza Real. Em um evento na Escócia, o segundo filho do príncipe Charles pediu para ser chamado apenas de “Harry”.

Mas Harry o que? Bom, a resposta é bem mais complexa do que muitos imaginam. Até 1917 os membros da realeza não tinham sobrenome, e eram chamados de “da Casa de Saxe-Coburg-Gotha”, em referência à casa real da família. Isso mudou com o avô de Elizabeth II, George V, que mudou o nome da casa para Windsor.

A mudança, contada no site oficial da família real, ocorreu em meio à Primeira Guerra Mundial, quando o Reino Unido enfrentava a Alemanha. O nome original, alemão, foi substituído por um que faz referência ao castelo de Windsor, no Reino Unido. Além disso, George determinou que Windsor passaria a ser o sobrenome da família.

Mas, em 1960, uma alteração foi feita. Elizabeth II, já no trono, incluiu Mountbatten, sobrenome do marido, o príncipe Philip. Assim, os membros da família seriam os Mountbatten-Windsor. Mas aqueles com título de “Sua Alteza Real Príncipe (ou Princesa)” não são obrigados a adotar o sobrenome, e geralmente ele só é usado em ocasiões especiais, como casamentos.

No lugar de um sobrenome, eles costumam colocar um título que mostra uma posse territorial de um membro da família, como Duque de Cambridge, ou Príncipe de Gales.

Quando os irmãos William e Harry entraram no exército britânico, por exemplo, eles decidiram se chamar William Wales e Harry Wales, em referência ao título do pai, Charles, o príncipe de Gales (em inglês, Wales). William, que é o duque de Cambridge, matriculou o filho mais velho na escola como George Cambridge.

Ainda nessa linha, outro filho de William, Louis, foi registrado oficialmente como “Sua Alteza Real Príncipe Louis Arthur Charles de Cambridge”, sem o use do sobrenome “oficial”.

Assim, existe uma confusão em torno de qual sobrenome Harry adotaria. Perdendo o título, ele em teoria seria obrigado a usar Mountbatten-Windsor, mas isso ainda não foi confirmado pela família real.

O filho do príncipe, por exemplo, foi batizado em 2019, antes da renúncia, como Archie Mountbatten-Windsor, dando uma pista de que esse poderá ser realmente o sobrenome de Harry. Mas vale lembrar que Harry nem é o verdadeiro nome do príncipe. Ele foi batizado como Henry Charles Albert David, e Harry é apenas um apelido.

*Estagiário sob supervisão de Charlise Morais

Veja também

+ Toyota Corolla Cross é SUV do Corolla para brigar com Jeep Compass e cia; confira imagens oficias
+ Robert De Niro reduz limite do cartão da ex-mulher e diz que coronavírus implodiu suas finanças
+ Dancinha de Miley Cyrus com namorado no TikTok viraliza e ganha versões brasileiras
+ Kawazaki suspende suas vendas na França
+ MasterChef estreia sem "supercampeão" e cheio de mudanças
+ Gafanhotos: cidade na Bahia enfrenta invasão de insetos
+ Coronel da PM diz que Bolsonaro é ‘falastrão’ e renuncia à entidade de Oficiais
+ A “primavera das bikes” pós-pandemia vai chegar ao Brasil?
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior