Comportamento

Primeiro prefeito negro de Nova York morre aos 93 anos

Primeiro prefeito negro de Nova York morre aos 93 anos

O primeiro prefeito negro da cidade de Nova York, David Dinkins, cumprimenta o então presidente americano Barack Obama em 2011 - AFP/Arquivos

David Dinkins, o primeiro prefeito negro da cidade de Nova York, faleceu aos 93 anos, informou a imprensa americana.

O político democrata governou a cidade de 1990 a 1993, depois de derrotar nas eleições Rudy Giuliani e Edward Koch.

Seu mandato foi marcado por conflitos raciais – em particular os protestos de Crown Heights em 1991 – e críticas de que não estava preparado para o cargo.

Dinkins morreu de causas naturais em sua casa, informou o jornal New York Times, menos de dois meses após a morte de sua esposa Joyce.

Dinkins é o único prefeito negro da história de Nova York.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Ao tomar posse, a cidade era cenário de racismo, pobreza e violência. Mais de um milhão de nova-iorquinos recebiam auxílio após a recessão e a cidade registrava mais de 1.000 homicídios por ano.

O democrata foi eleito como uma “força estabilizadora” e descreveu Nova York como um “mosaico maravilhoso”, mas enfrentou muitas dificuldades.

Ele foi incapaz de controlar o governo e recebeu muitas críticas por suas políticas.

Nascido em 10 de julho de 1927, Dinkins cresceu em Trenton, no estado vizinho de Nova Jersey, segundo o jornal New York Times.

Em 1945 se alistou nos Marines e mais tarde estudou na Universidade Howard, conhecida historicamente pelos alunos negros, onde brilhou no curso de Matemática.

David Dinkins se casou com a colega de turma Joyce e o casal se mudou para Nova York, onde ele trabalhou como advogado depois de estudar na Brooklyn Law School.

Em 1975 foi nomeado secretário municipal, cargo que ocupou por uma década, antes de vencer a eleição para a prefeitura em 1989.

Dinkins foi derrotado por Giuliani após apenas um mandato. No discurso em que reconheceu a derrota, ele afirmou aos simpatizantes: “Amigos, nós fizemos história. Nada pode tirar isso”.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Carla Perez fala sobre vida nos EUA: “Aqui é vida normal”
+ Denise Dias faz seguro do bumbum: “Meu patrimônio”
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel