Mundo

Primeiro-ministro da Itália expressa solidariedade ao Líbano

ROMA, 6 AGO (ANSA) – O primeiro-ministro da Itália, Giuseppe Conte, telefonou nesta quinta-feira (6) para o premiê do Líbano, Hassan Diab, para expressar “profunda solidariedade” pela “trágica explosão” que deixou pelo menos 137 mortos em Beirute.   

+ SP deve receber cinco milhões de doses de vacina chinesa em outubro, diz Doria

“Ao assegurar apoio italiano incondicional às autoridades e ao povo libaneses nessa dolorosa circunstância, o presidente [do Conselho dos Ministros] confirmou que a Itália já enviou pessoal e materiais e está pronta a fornecer novas assistências que forem solicitadas. Os dois primeiros-ministros concordaram em permanecer em contato”, diz um comunicado do governo italiano.   

O país europeu já enviou uma equipe de bombeiros para ajudar nas buscas em Beirute e oito toneladas de equipamentos médicos. A explosão ocorreu na última terça-feira (4) e devastou a área portuária da capital libanesa.   

A principal suspeita é de que a tragédia tenha sido causada pela detonação de 2.750 toneladas de nitrato de amônio que estavam armazenadas em um hangar no porto de Beirute havia mais de seis anos. (ANSA).   

Veja também

+ Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante briga por pastel

+ Baleia jubarte consegue escapar de rio cheio de crocodilos na Austrália

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Morre mãe de Toni Garrido: “Descanse, minha rainha Tereza”

+ Após morte de cachorro, Gabriela Pugliesi adota nova cadela

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea