Comportamento

Primeira manifestação contra Netanyahu em Jerusalém desde o reconfinamento

Primeira manifestação contra Netanyahu em Jerusalém desde o reconfinamento

Israelenses se manifestam contra primeiro-ministro Benjamín Netanyahu, apesar do reconfinamento, em 20 de setembro de 2020 - AFP

Vários milhares de manifestantes se reuniram em Jerusalém na noite deste domingo para exigir a saída do primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu, indiciado por corrupção e acusado de administrar mal a crise de saúde. O país voltou ao confinamento novamente na sexta-feira.

As manifestações foram autorizadas apesar do reconfinamento, segundo o qual os israelenses só podem sair a menos de um quilômetro de suas casas para caminhar, e fazer compras ou trabalhar se sua profissão for considerada essencial.

Apesar das novas restrições, os manifestantes foram tão numerosos no domingo quanto durante os protestos que foram organizados todos os sábados por cerca de três meses em frente à casa de Netanyahu em Jerusalém.

Os participantes usavam máscara, mas não respeitaram as medidas de distância física impostas para lutar contra a disseminação do novo coronavírus.

Israel, um dos países que registrou a maior taxa de novas infecções por coronavírus per capita nas últimas duas semanas, voltou ao confinamento na sexta-feira e por pelo menos três semanas.

O reconfinamento começou no primeiro dia do feriado judaico, criando descontentamento entre grande parte da população.

As autoridades impuseram um bloqueio parcial no início de setembro nos setores com a maior taxa de infecção, em grande parte cidades judias ultraortodoxas ou árabes israelenses.

O país de 9 milhões de habitantes é o segundo com maior índice de infecção do mundo, atrás do Bahrein, com 187.396 casos de novo coronavírus e 1.236 óbitos.

Veja também

+ Homem salva cachorro da boca de crocodilo na Flórida
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel