Por Walmor Parente, subeditor da Coluna

Preso sob suspeita de ter mandado matar a mãe da própria filha, o ex-senador de Roraima Telmário Mota foi alvo de pelo menos dois processos no Conselho de Ética do Senado.

Um deles, por ter chamado o então senador Romero Jucá de “bandido”. Foi inocentado, como é praxe do colegiado.


Siga a IstoÉ no Google News e receba alertas sobre as principais notícias