Mundo

Presidente ucraniano adota lei marcial, fala com Biden e diz que país vencerá

Crédito: Reprodução/Facebook Volodymyr Zelensky

Após o início da invasão russa ao território ucraniano na madrugada desta quinta-feira (24), o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, enviou uma mensagem à população de seu país pedindo calma e informando que adotará lei marcial (quando regras militares substituem as leis civis da nação). As informações são do g1 e da GloboNews.

+ Rússia invade Ucrânia e Putin ameaça quem tentar interferir: ‘Resposta será imediata’

+ ‘Putin escolheu uma guerra que trará perda catastrófica de vidas’, diz Joe Biden

“Caros cidadãos ucranianos, esta manhã o presidente Putin anunciou uma operação militar especial em Donbas. A Rússia realizou ataques contra nossa infraestrutura militar e nossos guardas de fronteira. Ouviram-se explosões em muitas cidades da Ucrânia”, disse Zelensky.

“Estamos introduzindo a lei marcial em todo o território do nosso país. Há um minuto, tive uma conversa com o presidente Biden. Os EUA já começaram a unir o apoio internacional. Hoje, cada um de vocês deve manter a calma. Fique em casa se puder. Nós estamos trabalhando. O exército está trabalhando. Todo o setor de defesa e segurança está funcionando. Sem pânico. Nós somos fortes. Estamos prontos para tudo. Vamos vencer todos porque somos a Ucrânia”, disse o presidente da Ucrânia.

Putin alertou às forças ucranianas para que deponham suas armas e voltem para casa, segundo as agências de notícias estatais RIA-Novosti e TASS. O presidente russo também ameaçou quem tentar interferir no avanço russo.

“Quem tentar interferir, ou ainda mais, criar ameaças para o nosso país e nosso povo, deve saber que a resposta da Rússia será imediata e levará a consequências como nunca antes experimentado na história”, disse Putin.

A Casa Branca divulgou um comunicado do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, condenando a ação russa, e disse que a Rússia é a única “responsável pela morte e destruição que este ataque trará”.

“O presidente Putin escolheu uma guerra premeditada que trará uma perda catastrófica de vidas e sofrimento humano. A Rússia sozinha é responsável pela morte e destruição que este ataque trará, e os Estados Unidos e seus aliados e parceiros responderão de forma unida e decisiva. O mundo responsabilizará a Rússia”, disse Biden.