Brasil

Presidente do PP, Ciro Nogueira ‘cabula’ agenda na Suíça


O senador pelo Piauí e presidente nacional do PP, Ciro Nogueira, liderou nesta semana uma delegação de nove parlamentares brasileiros em viagem à Suíça. Designado como chefe do grupo, ele representaria o Brasil na Assembleia Anual da União Interparlamentar (UIP), em Genebra.

A agenda de Nogueira, no entanto, se limitou a um almoço de confraternização entre parlamentares brasileiros e a dois curtos encontros que não estavam na agenda oficial da assembleia. A mulher do senador, deputada Iracema Portella (PP-PI), também estava na delegação. O casal não ficou até o fim do evento, que acaba nesta quinta-feira, 18.

Nogueira e a mulher desembarcaram em Genebra na segunda-feira, dia 15. Mas, pelo horário, o senador já não compareceu ao primeiro dia de reuniões – nem a qualquer outra atividade. Na terça-feira, 16, o parlamentar foi a um almoço na casa da embaixadora do Brasil na ONU, Maria Nazareth Farani Azevedo.

A assessora parlamentar que acompanhou o grupo, Silvia Araujo, disse inicialmente que Nogueira esteve em reunião bilateral com a delegação do Marrocos, que organiza em dezembro uma conferência sobre migração, e queria reforçar o convite ao Brasil. O encontro, porém, não fazia parte da agenda oficial da UIP e estava marcado para o fim da manhã de terça, quando o senador ainda estava em seu hotel, como foi confirmado pela reportagem.

Questionada sobre as contradições de horários, a assessora disse que “não se lembrava mais” de quem estava em qual evento. E completou que precisaria ter um sinal verde de Ciro Nogueira para dar a informação. No início da noite, ela justificou que não tinha como prestar o esclarecimento e sugeriu que a reportagem ligasse para o gabinete do senador, em Brasília. Na capital federal, seus assessores não sabiam dizer qual havia sido sua agenda.


+ MS: Homem que revelou amante pouco antes de ser intubado deixa UTI-covid
+ Ratinho critica Dudu Camargo: ‘Só o Silvio gosta dele’



Na quarta-feira, 17, Nogueira e a mulher deixaram Genebra pela manhã, sem voltar ao local do evento. Em seu gabinete em Brasília, a informação era de que ele voltaria ao Brasil no dia 23. Segundo a reportagem apurou, o senador teria viajado para Paris. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Veja também

+ Receita de bolinho de costela com cachaça
+ Descoberta no deserto do Kalahari leva a revisão da origem humana
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Vídeo: o passo a passo de como fazer ovo de Páscoa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS