Esportes

Presidente do Palmeiras convive com problema pessoal em meio a escolha do novo técnico

Maurício Galiotte tem parente próximo internado em estado grave e mesmo assim tem tomado à frente da negociação para definir o treinador que assumirá o comando do Verdão

Presidente do Palmeiras convive com problema pessoal em meio a escolha do novo técnico

Maurício Galiotte segue cuidando do novo treinador (Foto: Agência Palmeiras)

O Palmeiras procura por um técnico e o presidente Maurício Galiotte está à frente do processo de escolha, tanto que Miguel Ángel Ramirez, principal nome para o cargo, é o preferido do mandatário palmeirense.

Mas desde a derrota para o Coritiba, na última quarta-feira (14), nada tem sido fácil para Galiotte, dentro e fora de campo. Com um parente próximo internado, a presença dele no Allianz Parque quase não aconteceu.

+ “Filho é um inferno e atrapalha”, diz Fábio Porchat sobre não querer ser pai

A derrota e a consequente saída de Vanderlei Luxemburgo do cargo quase de madrugada fizeram com que ele participasse da coletiva ao lado de Anderson Barros praticamente sem dormir. Foi o diretor de futebol quem avisou Luxemburgo sobre a decisão algumas horas antes.

Desde então, a situação se tornou ainda mais delicada e o estado da pessoa próxima ao presidente do Palmeiras é grave. Mesmo assim, ele não abre mão de ficar atento a todos os detalhes da escolha do novo treinador.

+ Polícia aborda ambulância com sirene ligada e descobre 1,5 tonelada de maconha

Veja também

+ A incrível história do judeu que trabalhou para os nazistas na Grécia
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel
+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês
+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Educar é mais importante do que colecionar