Mundo

Presidente das Filipinas cogita mudar nome do país

BANGKOK, 12 FEV (ANSA) – O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, afirmou nesta segunda-feira (11) que está cogitando a possibilidade de mudar o nome do país asiático para “Maharlika”, uma palavra local que significa “criado nobremente”.   

A ideia de alterar o nome do país para “Maharlika” já tinha sido cogitada pelo ex-ditador Ferdinand Marcos, que governou as Filipinas entre 1965 e 1986.   

Em um discurso, Duterte afirmou que o ex-líder filipino “estava certo” em propor a mudança do nome da nação, já que foram os espanhóis que batizaram o país de “Filipinas”, no século 16. A denominação foi uma homenagem ao rei Filipe II.   

“Vamos mudar isso um dia. Marcos estava certo. Ele queria mudar o nome para Maharlika, porque é uma palavra na língua malaia”, disse Duterte.   

O atual presidente filipino é um grande admirador de Marcos e critica a influência dos Estados Unidos no país, que assumiu o controle do arquipélago depois de uma guerra com a Espanha em 1898.(ANSA)