Mundo

Presidente da Itália se reúne com Merkel e defende UE

BERLIM, 18 JAN (ANSA) – O presidente da Itália, Sergio Mattarella, foi recebido nesta sexta-feira (18) pela chanceler da Alemanha, Angela Merkel, em Berlim, e ressaltou a importância de uma coesão social na União Europeia.   

“A União Europeia não é um comitê de negócios, mas uma comunidade de valores em que a coexistência dos povos europeus é construída e a coesão social é importante na vida da comunidade”, disse Mattarella ao fim de uma reunião com a chanceler e o presidente alemão, Frank-Walter Steinmeier.   

Para o presidente italiano, é necessário “dialogar com pessoas que pensam de forma diferente”. “Esta é a chave para a União Europeia: temos de nos confrontar, dialogar e encontrar soluções partilhadas”.   

Durante o encontro, Merkel, por sua vez, ressaltou a importância de trabalhar junto com a Itália para o crescimento, demonstrando certa preocupação também com os últimos dados do PIB alemão. Além disso, Mattarella compartilhou suas preocupações sobre as ameaças ao multilateralismo, as relações entre a China e os Estados Unidos, e a necessidade de preservar as relações transatlânticas.   

“Devemos trabalhar juntos para o crescimento”, disse a chanceler, ressaltando que o diálogo com a Itália tem “um clima de confiança”. Eu aprecio o estilo de Giuseppe Conte, muito calmo, eu me concentro nele e não no que os ministros individuais dizem”, acrescentou Merkel.   

Na visita, o presidente italiano também comentou as recentes reformas aprovadas pelo governo italiano, como a renda de cidadania e a chamada cota 100, e agradeceu a Alemanha pela colaboração mantida nos últimos meses de confronto entre Roma e Bruxelas sobre a Lei Orçamentária. (ANSA)