Esportes

Presidente da Federação Venezuelana morre, aos 61 anos, por complicações da covid

Crédito: Divulgação FVF

Jesús Berardinelli (Crédito: Divulgação FVF)

Jesús Berardinelli, de 61 anos, presidente em exercício da Federação Venezuelana de Futebol (FVF), morreu, nesta quarta-feira, após ficar internado por três semanas com a covid-19. Segundo a imprensa venezuelana, Berardinelli era diabético, tinha hipertensão e problemas cardíacos.

+ SP deve receber cinco milhões de doses de vacina chinesa em outubro, diz Doria

Berardinelli foi preso, em julho, acusado de mau uso de dinheiro público. Aos uma semana na prisão, o dirigente foi internado com problemas respiratórios, após sofrer um desmaio, sendo diagnosticado positivo para o novo coronavírus.

Vice-presidente da FVF, Berardinelli assumiu a presidência em janeiro, ao substituir o presidente Laureano González, que se afastou por causa de problemas de saúde.

Jesús Berardinelli é o segundo presidente de federação nacional sul-americana de futebol a morrer por causa da covid-19. Em 19 de julho, morreu César Salinas, presidente da Federação Boliviana.

Veja também

+Cidadania divulga calendário de pagamentos da extensão do auxílio emergencial

+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’

+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante briga por pastel

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea