Economia

Presidente da Dataprev garante estrutura necessária para processar pagamentos

O presidente da Dataprev, Gustavo Canuto, garantiu na tarde desta terça-feira, 7, que o governo conseguirá processar a tempo toda a folha de pagamento do Bolsa Família para que o auxilio emergencial de R$ 600 seja pago aos beneficiários a partir do dia 16, junto com os benefícios normais do programa. “Estamos terminando o motor para esse pagamento”, afirmou.

Canuto lembrou ainda que as pessoas que já estão no Cadastro Único do governo federal serão informadas pelo aplicativo disponibilizado pela Caixa Federal ou no site do banco e não precisarão realizar um novo cadastro para receber o auxílio emergencial.

“Já fizemos o processamento de 75 milhões de registros no Cadastro Único para encontrar as cerca de 10 milhões de pessoas habilitadas a receberem o auxílio emergencial”, completou.

Já o terceiro grupo, formado por trabalhadores informais, autônomos e microempreendedores individuais (MEIs) precisam se cadastrar no site da Caixa Econômica Federal ou por meio de aplicativo para o recebimento do auxílio emergencial.

“Esta talvez seja a maior operação já feita em tão pouco tempo, mas temos a estrutura necessária para o pagamento de R$ 98 bilhões em auxílios”, garantiu Canuto.


+ Advogada é morta e tem corpo carbonizado no Rio de Janeiro
+ Morre Liliane Amorim, influencer de Juazeiro do Norte, após complicações da realização de lipoaspiração

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ 7 tendências de design de interiores que vão bombar em 2021
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel