Esportes

Presidente da Conmebol espera aumento de público nas partidas da Copa América

No primeiro jogo da Copa América no qual a organização anunciou que os ingressos estavam esgotados e que, de fato, praticamente todos os lugares do estádio foram ocupados, o presidente da Conmebol, o paraguaio Alejandro Domínguez, afirmou neste sábado, na Arena Corinthians, em São Paulo, que espera que a atual edição do torneio bata recordes de audiência e de público. O dirigente acompanhou a partida entre Brasil e Peru ao lado do presidente da Fifa, o suíço Gianni Infantino, e do presidente da CBF, Rogério Caboclo.

“Gostaria de fazer um agradecimento da Conmebol para todo o Brasil. Até agora a competição se mostrou um sucesso. Eles virão ainda (os torcedores). Temos 15% mais de público nessa edição do que na última no Chile. E um recorde de transmissão em 179 países. A Copa América desperta muito interesse do futebol mundial e tenho certeza de que vamos bater recordes aqui no Brasil de audiência e público”, disse Domínguez ao canal SporTV.

Neste sábado, o público pagante na Arena Corinthians foi de 42.317 torcedores. A renda total foi de R$ 10.009.095,00.

Após oito partidas disputadas, a Conmebol divulgou na última quarta-feira o primeiro balanço de público do torneio. Com média de 29.500 espectadores por jogo, a Copa América do Brasil superou os 25 mil torcedores de média da edição de 2015, realizada no Chile, já incluindo a fase semifinal e a final.

O maior público da história da Copa América foi registrado nos Estados Unidos, em 2016. Cerca de 1,5 milhão de torcedores foram aos estádios na edição especial de centenário da competição, com média de 46 mil por jogo.

Na atual edição do torneio, tem chamado atenção os grandes espaços vazios nas arquibancadas. A partida de abertura, entre Brasil e Bolívia, por exemplo, teve 46.342 pagantes no estádio do Morumbi, em São Paulo, sendo que o Comitê Organizador Local (COL) havia divulgado que todos os ingressos haviam sido vendidos. Depois, o COL corrigiu a informação e divulgou que das 60.340 entradas colocadas à venda, 47.619 foram comercializadas.

Também presente na Arena Corinthians, o presidente da Fifa destacou o caráter histórico do torneio. “A Copa América é a competição mais antiga do mundo”, comentou ao SporTV.

O dirigente comentou ainda sobre o Mundial Feminino e a partida entre Brasil e França, que será disputada neste domingo. “Vai ser um grande jogo entre Brasil e França neste domingo. É um clássico mundial. A França tem uma equipe muito forte, mas o Brasil tem Marta, não fica atrás. Todos precisam ver esse jogo”, afirmou.