Mundo

Helicóptero em que viajava presidente da Colômbia sofre ataque a tiros

Helicóptero em que viajava presidente da Colômbia sofre ataque a tiros

Foto de arquivo tirada em 09 de agosto de 2019 e divulgada pela Presidência da Colômbia do presidente Ivan Duque (C), caminhando após descer de um helicóptero em uma plantação de coca em Catatumbo, sul da Colômbia - Colombian Presidency/AFP/Arquivos

O presidente Iván Duque denunciou nesta sexta-feira (25) que o helicóptero em que viajava foi atacado com tiros, perto da fronteira entre a Colômbia e a Venezuela, mas que o “dispositivo aéreo” de sua segurança impediu que “algo letal” acontecesse.

“É um ataque covarde em que se veem impactos de munição no avião presidencial”, afirmou o presidente colombiano em mensagem enviada por canais oficiais.


Duque viajava na aeronave junto com seus ministros da Defesa e do Interior e o governador do Norte de Santander, departamento na fronteira com a Venezuela.

A comitiva oficial havia saído do município de Sardinata em direção à cidade de Cúcuta, na fronteira, quando ocorreu o ataque.

O presidente enfatizou que tanto o “dispositivo de segurança aérea quanto a capacidade” do helicóptero “impediram que algo letal acontecesse”.

“Aqui não nos intimidam com violência ou atos de terrorismo. Nosso Estado é forte e a Colômbia é forte para enfrentar este tipo de ameaças”, acrescentou.