Esportes

Presidente da Chapecoense, Paulo Magro é internado na UTI com covid-19

O presidente da Chapecoense, Paulo Magro, está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Unimed, em Chapecó (SC), após ser internado na madrugada desta sexta-feira com covid-19. Ele tem 58 anos e está “sob cuidados e tratamento”, diz nota oficial da Chapecoense.

“Neste momento – em nome dos familiares e colaboradores – o clube pede aos torcedores e à toda comunidade chapecoense que reforcem as orações pela rápida recuperação do presidente”, completa a nota.

Paulo Magro está na presidência da Chapecoense desde 2019. Por ora, nenhum outro dirigente foi infectado pelo novo coronavírus.

Em campo, a Chapecoense terá uma “final” neste domingo contra o vice-líder América-MG. A Chapecoense não perde há cinco jogos, mas o empate sem gols diante do ameaçado Náutico ajudou o América-MG a encostar.

A líder soma 58 pontos, contra 56 do vice-líder. O América, mandante neste domingo, às 16 horas, bateu o Figueirense, por 2 a 1, e chegou a quatro vitórias seguidas. No turno, os rivais empataram sem gols em Chapecó (SC).


+ Rapper implanta diamante de R$ 128 milhões no rosto
+ PR: Jovem desaparecida é encontrada morta; namorado confessa crime
+ Galo bota ovos e surpreende moradores de Santa Catarina

Veja também

+ Cientistas descobrem nova camada no interior da Terra
+ Aprenda 5 molhos fáceis para aproveitar o macarrão estocado
+ Vídeo: o passo a passo de como fazer ovo de Páscoa
+ Aprenda a preparar o delicioso espaguete a carbonara
+ Cientistas desvendam mistério das crateras gigantes da Sibéria
+ Sexo: saiba qual é a melhor posição de acordo com o seu signo
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago