Esportes

Preocupado com Brasileirão, Inter deve poupar titulares contra Atlético-GO

O Internacional estreia nesta quarta-feira na Copa do Brasil. Mas o pensamento não sai do Brasileirão. Depois de desgastante embate pela liderança diante do Flamengo, Eduardo Coudet deve poupar alguns titulares diante do Atlético-GO, às 19 horas, em Goiânia, pensando na visita ao Corinthians, no sábado.

Os gaúchos querem fechar o primeiro turno do Brasileirão na ponta da tabela e, para isso, terão de ganhar do Corinthians, em Itaquera. Estão tão ligados no jogo do Brasileirão que de Goiânia já irão direto para São Paulo. A logística faz parte do plano de “descanso”.

A lesão no joelho de Boschilia durante o treino de segunda-feira ligou o sinal de alerta no time colocado. Já são três jogadores fora da temporada por rompimento de ligamentos do joelho: além do meia, Guerrero e Saravia. Coudet sabe que não pode perder peças importantes e deve rodar o elenco em Goiânia para evitar desgaste excessivo.

Thiago Galhardo, Patrick, Edenilson e Rodrigo Lindoso, jogadores mais experientes, são candidatos a descanso. Heitor voltou agora de lesão e também pode ser preservado. Coudet já adiantou que fará o máximo para “proteger” o grupo. Mesmo com possível time misto, a meta é manter o futebol em alto nível e buscar um bom resultado.

Apesar de priorizar Brasileirão e Libertadores, o Inter promete não deixar a Copa do Brasil de lado. Coudet sabe que os reservas estão loucos para mostrar serviço e substituiriam os titulares na mesma altura.

Cuesta volta após suspensão no Brasileirão. Johnny está recuperado de lesão e também à disposição. D’Alessandro, Nonato e o argentino Leandro Fernández podem ser outras novidades no Estádio Olímpico.

O Atlético-GO também jogará desfalcado. A equipe não terá seis jogadores, mas nenhum fora por cansaço ou lesão. Os laterais Dudu e Natanael e o atacante Gustavo Ferrareis estão emprestados pelo Inter e impedidos de atuar por contrato. Além deles, Arnaldo, Everton Felipe e o atacante Zé Roberto estão fora por já terem defendido outras equipes na competição.

A ordem na equipe goiana é se redimir da derrota por 3 a 0 para o Palmeiras, fazer um grande jogo e somar um resultado positivo. Ainda sem um substituto para Vagner Mancini, o time segue dirigido por Eduardo Souza.

Veja também

+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel