Cultura

Prêmio Molière: resgate da história e lançamento de novas categorias

Criado em 1963 e patrocinado pela empresa aérea Air France, o Prêmio Molière realizou edições no Brasil até 1994. Lembrado como o Oscar do Teatro Nacional, a cerimônia contemplava os melhores artistas do ano nas categorias atriz, ator, diretor, autor, cenógrafo ou figurinista, um prêmio especial e teatro infantil, criado posteriormente. Quem vencia, levava a réplica do busto de Molière que está na Comédie-Française e uma passagem para Paris.

l Entre os grandes vencedores do Molière estão Antunes Filho e Fernanda Montenegro, com cinco troféus cada um, e o tricampeão Ítalo Rossi, que venceu nos anos 1985, 86 e 87.

l Na reedição do prêmio, as categorias são: atriz, ator, atriz coadjuvante, ator coadjuvante, diretor, cenógrafo, figurinista, projeto de iluminação, espetáculo, teatro infantil, musical e revelação do ano. Os jurados vão considerar peças que estiveram em cartaz entre 2015 e 2017. Os nomes serão revelados na noite da cerimônia que será realizada na última semana de novembro, em São Paulo, e em dezembro no Rio.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

+ Menina engasga ao comer máscara dentro de nugget do McDonald’s

Veja também

+ Gésio Amadeu, o Chefe Chico de Chiquititas, morre após contrair Covid-19

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Seu cabelo revela o que você come (e seu nível socioeconômico)

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?