Comportamento

Prefeitos europeus apoiados pelo Papa pedem a favor dos migrantes

Prefeitos europeus apoiados pelo Papa pedem a favor dos migrantes

A prefeita de Barcelona, Ada Colau, em 4 de julho de 2018 em Barcelona - AFP

As prefeitas de Madri, Barcelona e de várias grandes cidades italianas se reuniram neste sábado, 9, em Roma para lançar um apelo para “salvar a Europa de si mesma” na questão de acolhida aos migrantes.

Na sexta-feira à noite, o Papa Francisco recebeu Manuela Carmena e Ada Colau, prefeitas de Madri e Barcelona, e Oscar Camps, fundador da ONG Proactiva Open Arms, para tratar do assunto, anunciou a Santa Sé neste sábado.

As duas prefeitas debateram por mais de duas horas com suas contrapartes das cidades espanholas de Zaragoza e Valência, e também das cidades italianas de Nápoles, Palermo, Siracusa, Milão e Bolonha, antes de assinarem um tratado comum.

“O Mar Mediterrâneo tem sido o lar comum de civilizações milenares, onde intercâmbios culturais permitiram progresso e prosperidade. Hoje se tornou o túmulo comum de milhares de jovens”, denunciaram, confirmando um “naufrágio” da Europa.

“Devemos salvar a Europa de si mesma. Nos recusamos a acreditar que a resposta europeia para esse horror é a negação dos direitos humanos e a inércia diante do direito à vida. Salvar vidas não é um ato negociável e impedir a partida de barcos (de resgate) ou se recusar a entrar no porto é um crime ”, acrescentam.

Os signatários anunciaram a formação de uma “aliança” para apoiar as ONGs de resgate no mar e “voltar à tona” com o projeto europeu e seus princípios fundadores.