Mundo

Encontrado morto, prefeito de Seul deixa bilhete com pedido de desculpas

Crédito: AFP/Arquivos

Park Won-Soon em uma foto de 26 de maio de 2014 (Crédito: AFP/Arquivos)

ROMA, 10 JUL (ANSA) – A polícia da Coreia do Sul encontrou um bilhete de despedida com um pedido de desculpas na casa do prefeito de Seul, Park Won-soon, que foi encontrado morto nesta quinta-feira (09).

“Peço desculpas a todos e agradeço aqueles que fizeram parte da minha vida. Peço desculpas à minha família para quem eu só causei dor. Adeus a todos”, escreveu à mão. Além disso, Won-soon pediu que seu corpo seja cremado.

A polícia ainda investiga a morte do prefeito, mas não há dúvidas de que tenha sido um suicídio. Isso porque o então líder municipal havia dito que estava saindo para trabalhar, mas não chegou à Prefeitura. Ele também cancelou uma reunião antes de sair.

A filha de Won-soon foi quem chamou a polícia após receber uma mensagem de despedida do pai e tentar ligar para o pai, sem sucesso. O corpo do político foi encontrado no Monte Bugak após horas de busca. Won-soon estava sendo acusado de assédio sexual por uma ex-funcionária e, segundo a mídia, o caso ia ser alvo de uma matéria de programa de televisão.

+ Briga de vizinhos termina com personal trainer morta a facadas no interior de SP

Veja também

+ Nazistas ou extraterrestres? Usuário do Google Earth vê grande ‘navio de gelo’ na costa da Antártida

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

Tópicos

Park Won-soon Seul