Brasil

Prefeito de SBC diz ter covid-19 e que Bolsonaro é ‘profundamente desequilibrado’

Crédito: Divulgação

Orlando Morando, Prefeito de São Bernardo (Crédito: Divulgação)

O prefeito de São Bernardo do Campo (SP), Orlando Morando (PSDB), anunciou na tarde desta quarta-feira, 25, que está infectado com o novo coronavírus. A deputada estadual Carla Morando (PSDB), que é casada com Orlando, também já fez o teste, mas ainda não recebeu o resultado, segundo o prefeito.

+ SP deve receber cinco milhões de doses de vacina chinesa em outubro, diz Doria

Em transmissão ao vivo no Facebook, Morando exibiu o resultado do exame, realizado em hospital privado da cidade, e relatou que passou a sentir cansaço e dor de cabeça na manhã da terça-feira, 24. Desde então, permanece isolado em casa. “Tá aqui meu exame, que diferente do presidente da República, não tenho medo de mostrar. Infelizmente deu positivo”, disse o prefeito, que tem 45 anos. Sobre o pronunciamento da terça-feira (24), do presidente Jair Bolsonaro, Morando afirmou que ele está “profundamente desequilibrado”

Morando tem adotado medidas rigorosas para tentar deter o avanço da pandemia na cidade, que tem população de 839 mil pessoas, segundo estimativa do IBGE do ano passado. A mais recente iniciativa do prefeito foi a determinação de que pessoas com mais de 60 anos permaneçam em casa, sob pena de multa.

Morando também se antecipou à recomendação do governador João Doria (PSDB) e fez o comércio baixar as portas já na segunda-feira, 23. No Estado de São Paulo, a medida passou a valer no dia seguinte. Junto aos prefeitos das outras seis cidades do ABC – Santo André, São Caetano do Sul, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra -, o chefe do Executivo bernardense decidiu reduzir em até 70% o serviço de transporte público a partir do domingo, 29.

A contagem oficial da terça-feira indicava que São Bernardo já somava dez casos confirmados no coronavírus.

Bolsonaro

Morando afirmou que o presidente está “profundamente desequilibrado”, ao comentar o pronunciamento de ontem, e está “colocando a população brasileira em risco de morte”. “O pronunciamento que o senhor fez ontem em cadeia nacional deu a nítida impressão que o senhor estava batendo papo num boteco com vários bêbados”, disse o prefeito na transmissão, se dirigindo a Bolsonaro.

Morando é um aliado muito próximo do governador Doria, com quem o presidente tem travado uma guerra política em torno da pandemia.

Veja também

+ Após foto “com volume” ser derrubada no Instagram, Zé Neto republica imagem usando bermuda

+ Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante briga por pastel

+ Baleia jubarte consegue escapar de rio cheio de crocodilos na Austrália

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Morre mãe de Toni Garrido: “Descanse, minha rainha Tereza”

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea