Geral

Prefeito de Guarujá é ‘suposto líder’ de organização que desviou verba da saúde

Crédito: Reprodução

Prefeito passou a noite detido (Crédito: Reprodução)


O prefeito de Guarujá, Válter Suman (PSDB), preso em flagrante na quarta-feira (15) é considerado como “suposto líder” de um esquema de desvio de dinheiro na rede pública de saúde, em meio à pandemia de Covid-19. As informações são do G1.

O site teve acesso à decisão do Tribunal Regional Federal, que autorizou os mandados de busca e apreensão que resultaram na prisão de Suman.

A prisão faz parte da ‘Operação Nadar’, que investiga um suposto esquema de desvio de dinheiro na rede pública de saúde. Outros 10 mandados de busca e apreensão foram cumpridos, sempre com pessoas ligadas ao prefeito. Os policiais encontraram uma grande quantia de dinheiro em espécie.

O caso teve início quando o Ministério Público do Estado identificou indícios de irregularidades no contrato entre a Prefeitura de Guarujá e a Organização Social Pró-Vida, que administra unidades de atendimento de saúde.

A Polícia Federal e o Ministério Público Federal apuram os crimes de corrupção passiva e ativa, desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro.

Saiba mais
+ Mãe de Medina compara Yasmin Brunet a ‘atriz pornô’ e colunista divulga conversa
+ Chamada de atriz pornô, Yasmin Brunet irá processar mãe de Gabriel Medina
+ Mulher divide marido com mãe e irmã mais nova: ‘Quando não estou no clima’
+ Em pose sexy, Cleo Pires afirma: "Amando essa minha bunda grande"
+ Médicos encontram pedaço de cimento em coração de paciente durante cirurgia
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio