Esportes

Praia Clube vira decisão sobre Flamengo e reedita final da Superliga com o Minas

A final da Superliga Feminina de Vôlei de 2022 será mais uma vez mineira e uma reedição da temporada passada. O bicampeão Minas conheceu nesta sexta-feira seu adversário na grande decisão: será outra vez o Praia Clube, que virou o terceiro jogo e a série contra o Flamengo com imponente vitória por 18/25, 26/24, 25/12 e 25/17.

A decisão, também em série melhor de três, ocorre em Brasília. O primeiro jogo será dia 22 de abril, o segundo está agendado para o dia 29 e, caso haja necessidade, o duelo final será em 3 de maio.


Depois de perder o primeiro jogo em Uberlândia, por 3 a 0, e ficar em desvantagem por 2 a 1 no Rio, a equipe de Paulo Coco mostrou ótimo poder de reação, sobretudo com a força de sua defesa e a precisão nos contragolpes. Virou no Rio para 3 a 2 e, nesta noite, mais uma vez mostrou superação. As cariocas fecharam a primeira parcial e tinham vantagem na segunda quando o Praia Clube subiu a parede nos bloqueios e começou a se sobressair.

Eleita a MVP da partida, a oposta dominicana Brayelin Martínez foi a destaque da virada do Praia Clube com 18 pontos na decisão da final. A flamenguista Peña ficou na cola da rival, ao anotar 17 para o time de Bernardinho. O Flamengo tentava quebrar o jejum que dura desde a conquista de 2001, mas acabou eliminado para as fortes mineiras.

Pela quarta edição seguida a taça da Superliga Feminina vai para Minas Gerais. Além do bicampeonato do Minas (2019 e 2021), o Praia Clube foi o campeão em 2018, encerrando a hegemonia do Rio de Janeiro, que vinha de cinco conquistas seguidas. Por causa da pandemia, não houve edição em 2020.

SADA CRUZEIRO VAI À NONA FINAL

Na Superliga Masculina, o Sada Cruzeiro é o primeiro finalista ao eliminar o Sesi com vitória soberana e tranquila na Vila Leopoldina. O time mineiro fez 3 a 0 com parciais de 25/20, 25/20 e 25/22.

O adversário ainda está indefinido e também há a possibilidade de repetir o feito das mulheres com decisão mineira, já que na outra semifinal está o Minas diante do Guarulhos – jogam neste sábado.

O Cruzeiro avança à nona decisão da Superliga após duas vitórias contra a equipe paulista. Já havia feito 3 a 2 em Belo Horizonte. O oposto Wallace foi eleito o melhor do jogo, ao anotar 15 pontos. O time volta à decisão após dois anos de ausência e buscará sua sétima taça da competição.