Saúde da mulher

Posso curar minha gripe com vinagre de maçã?

Crédito: Unsplash

Além de ser prejudicial para sua saúde imunidade, uma gripe pode acabar com seus planos para uma semana enquanto você se recupera na cama.

+ Covid, gripe, crupe ou garganta inflamada? Saiba como diferenciar os sintomas em crianças

+ 8 alimentos para comer quando estiver doente

No entanto, existem diversos “remédios caseiros” que são, supostamente, capazes de curá-la e/ou potencializar o efeito dos medicamentos. Dentre eles, o vinagre de maçã. Mas será que ele realmente funciona?

O vinagre de maçã pode curar uma gripe?

Eis aqui o que as pessoas têm dito: beber o vinagre de maçã diluído em água pode alterar os níveis de pH do corpo, criando um ambiente alcalino (neutro em acidez), onde vírus e bactérias não seriam capazes de sobreviver. Porém, à “Women’s Health”, de onde são as informações, o otorrinolaringologista Nicholas Rowan aponta que não há evidência científica de que o vinagre funcione para este fim.

Alguns estudos checaram os efeitos do vinagre de maçã nas bactérias fora do corpo — como propriedades antibacterianas que podem prevenir acne —, mas, segundo Rowan, quando se trata de bactérias dentro do organismo, pouco é conhecido. Além disso, mais de 90% das gripes são infecções virais, e não bacterianas. Isso significa que nada pode realmente curá-las; você deve deixar a doença completar seu ciclo.

No entanto, o especialista aponta que beber uma solução de vinagre de maçã diluído em água morna pode, sim, auxiliar com os sintomas. “O calor ajuda a soltar o muco do nariz, da garganta e da boca e faz você se sentir melhor.” Mas é importante deixar claro que o vinagre não vai matar os vírus da gripe e deixar você saudável num piscar de olhos.

Devo usar o vinagre de maçã no meu próximo resfriado?

Rowan é muito a favor de tratamentos caseiros — como incluir a solução de vinagre diluído em água morna para diminuir os sintomas —, mas mantém a posição de que essas infecções virais vão se recuperar no seu tempo. Portanto, não espere por milagres.

Ele também recomenda fazer lavagens nasais de duas a três vezes por dia com soro para auxilia na limpeza do muco. E atenção: se os sintomas durarem mais de uma semana, procure um médico.