Economia

Posição ‘comprada’ de estrangeiro em juro fica abaixo de 1 milhão de contratos

Os investidores estrangeiros no mercado de juro futuro reduziram fortemente as posições líquidas compradas em taxas/vendidas em PU (aposta na alta da taxa), que, na quinta-feira, 22, ficaram abaixo de 1 milhão de contratos em aberto pela primeira vez desde 24 de julho. A redução foi de 908.320 contratos em aberto, para 512.979, de 1.421.299 anteriormente.

As informações são da B3. No dia da decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) de julho (dia 31), o montante superou os 2 milhões de contratos em aberto, mas depois não ficou mais acima desse patamar.

Os investidores locais também reduziram ontem as posições líquidas vendidas em taxa, que refletem aposta em corte de juro, em 911.260, para 2.451.628 contratos em aberto, de 3.362.888 na quarta-feira.

Os bancos, na contraparte, praticamente não alteraram a posição líquida tomada em contratos em aberto, passando de 1.813.835 para 1.819.575 contratos em aberto.