Portugal, que fará várias alterações no seu time titular, vai lutar pela terceira vitória na Eurocopa, nesta quarta-feira (26) às 16h00 (horário de Brasília), em Gelsenkirchen, contra a Geórgia, uma dos azarões da competição, que se agarrando às poucas esperanças de classificação.

A seleção do capitão Cristiano Ronaldo já garantiu a vaga nas oitavas de final como primeira colocada, mas quer fechar o Grupo F com a terceira vitória fazendo uma campanha impecável que só a Espanha conseguiu nesta edição.

O seu treinador, o espanhol Roberto Martínez, terá a oportunidade de poupar seus titulares contra a Geórgia, comandada pelo francês Willy Sagnol, equipe que se mostrou aguerrida e competitiva em sua primeira Eurocopa.

A Geórgia tem um ponto, assim como a República Tcheca, antes de enfrentar a Turquia, segunda do grupo com três pontos.

– ‘Tudo é possível’ –

Existe um abismo entre o campeão europeu de 2016 e a novata. São exatas 68 colocações no ranking da Fifa: os portugueses estão em sexto e os georgianos em 74º, e um abismo entre o valor de seus jogadores: cerca de 1 bilhão de euros (aproximadamente R$ 5,85 bilhões pela cotação atual) de Portugal e 161,05 milhões de euros (R$ 941 milhões) da Geórgia, segundo dados do site especializado Transfermarkt.

A ex-república soviética, candidata à adesão à União Europeia, sonha em escrever “uma nova página” na sua história, disse a sua grande estrela, o jogador do Napoli Khvicha Kvaratskhelia.

Além do habilidoso ponta, outros jogadores renomados da seleção georgiana são o atacante do Metz, Georges Mikautadze, que marcou dois gols na Eurocopa, e o goleiro do Valencia, Giorgi Mamardashvili.

“Muita gente achava que não nos classificaríamos para a Euro, mas estamos aqui. Tudo é possível, mesmo que tenhamos 1% de chances. Temos que tentar”, continuou ‘Khvicha’ nesta terça-feira durante a coletiva de imprensa.

A Geórgia estreou fazendo um grande jogo contra a Turquia, embora tenha acabado perdendo por 3 a 1, e conseguiu empatar com a República Tcheca (1-1), com jogadores que disputam campeonatos no Chipre, Eslováquia, Romênia, e Arábia Saudita.

Do lado oposto, há um elenco português que se pode dar ao luxo de não ter dado minutos a Danilo (Paris Saint-Germain), Matheus Nunes (Manchester City) e João Félix (Barcelona).

– Gonçalo Ramos se recupera –

Outro jogador do PSG, o atacante Gonçalo Ramos, também faz parte do grupo dos não utilizados, mas a sua presença na quarta-feira parece mais complicada.

Ramos, de 23 anos, recebeu uma forte pancada na perna de um agente de segurança que corria para interceptar torcedores que invadiram o campo após a vitória de Portugal por 3 a 0 sobre a Turquia. Ele teve que treinar afastado do grupo.

Quem tampouco estará no time titula de Martínez é Rafael Leão, suspenso por acúmulo de cartões amarelos. E possivelmente os veteranos Pepe (41 anos) e Ronaldo (39) farão uma pausa antes das oitavas de final.

Mas Portugal não deve ser complacente diante da seleção georgiana que luta pela sobrevivência e só perdeu dois dos últimos nove jogos, contra Espanha e Turquia.

A seleção portuguesa jogará à espera de um rival em seu duelo das oitavas de final, que será disputado no dia 1º de julho.

jta/bde/pm/mcd/aam/cb