Geral

Porta-voz: Bolsonaro entende que responsabilidade é dos órgãos de segurança

O porta-voz do Palácio do Planalto, Otávio Rêgo Barros, afirmou nesta segunda-feira, 2, que o presidente Jair Bolsonaro entende ser dos órgãos de Segurança Pública do Estado de São Paulo a “responsabilidade, o aprofundamento do fato e até a identificação dos responsáveis” em torno do episódio que resultou na morte de nove pessoas pisoteadas durante tumulto após ação da Polícia Militar em um baile funk na comunidade de Paraisópolis, zona sul de São Paulo.

+ SP deve receber cinco milhões de doses de vacina chinesa em outubro, diz Doria

“Hoje à tarde me colocou claramente que entende que a responsabilidade, o aprofundamento do fato e até a identificação dos responsáveis é dos órgãos de segurança pública do Estado de São Paulo”, disse o porta-voz. Nesta manhã, ao sair do Palácio do Alvorada, Bolsonaro lamentou as mortes. “Lamento a morte de inocentes”, disse o presidente.

Veja também

+Após ficar internada, mulher descobre traição da mãe com seu marido: ‘Agora estão casados’

+ Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante briga por pastel

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea