Agronegócio

Por surto de covid-19, MPT-RS pede interdição da JBS em Garibaldi (RS)

Em um relatório de mais de cem páginas, o Ministério Público do Trabalho (MPT) do Rio Grande do Sul pediu nesta quarta-feira, 5, em ação civil pública, a interdição da unidade da JBS em Garibaldi (RS), em decorrência de várias irregularidades encontradas na planta ligadas a normativas de prevenção contra a covid-19. “Embora o relatório demonstre que a ré adotou algumas medidas para prevenir a disseminação da covid-19, também constatou que tais ações ainda eram insuficientes e, por consequência, conclui-se que a ré não cumpre integralmente as medidas recomendadas pelas autoridades sanitárias”, disse o MPT-RS na ação.

De acordo com o relatório, foram encontradas irregularidades no refeitório, nos vestiários, no transporte dos funcionários e na testagem para detecção de coronavírus, entre outros itens. Como citado na ação civil do MPT-RS, nesta unidade trabalham por volta de 960 trabalhadores, sendo que houve 230 casos confirmados da doença – com um óbito e sete internações.

Além da solução das irregularidades detalhadas na ação, o MPT-RS pediu ao juiz do Trabalho da Vara do Trabalho de Bento Gonçalves (RS) a interdição da planta, sob pena de multa diária, além do imediato afastamento dos empregados e trabalhadores terceirizados a fim de que sejam submetidos a triagem médica “apta a verificar a atual situação de saúde dos empregados e, posteriormente, a testes para identificação da covid-19”.

Em resposta ao Broadcast Agro, sistema de notícias do agronegócio em tempo real do Grupo Estado, a JBS afirmou que “não foi notificada sobre esta ação e não fará comentários”. E reforçou que “a proteção e a saúde dos seus colaboradores é o seu principal objetivo”. E completou: “A companhia reafirma, no entanto, que desde o início da pandemia adota rigorosas medidas de prevenção, segurança e proteção dos seus colaboradores e que estão em total conformidade com a portaria conjunta nr. 19, de 18 de junho de 2020 dos Ministérios da Saúde, Agricultura e Economia do Brasil e demais órgãos de saúde”.

Além disso, informou novamente que “contratou a consultoria de médicos infectologistas e instituições de referência, como o Hospital Albert Einstein, para apoiar na construção de todas as ações previstas em seu protocolo e que estão implementadas em todas as suas unidades”.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Ticiane Pinheiro posa de maiô decotado e internautas suspeitam de gravidez
+ Denise Dias faz seguro do bumbum: “Meu patrimônio”
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel