A eliminação de uma participante do Big Brother da Argentina causou uma confusão que terminou com a tentativa de invasão de fãs do programa aos estúdios do reality show nesta quarta-feira, 19.

O motivo foi a eliminação de Juliana “Furia” Scaglione com 62% dos votos. Em abril, a participante descobriu um câncer e, mesmo assim, continuou no confinamento enquanto acompanhava o diagnóstico de leucemia.

Na ocasião, o apresentador do Gran Hermano, nome argentino do reality, Santiago Del Moro, leu o boletim médico no ar e declarou que Furia não precisava de “tratamento específico, mas necessitaria de acompanhamento médico mensal”.

Com a eliminação, a polícia foi chamada para conter o protesto nas portas da emissora Efe, em Buenos Aires, que pedia o retorno da sister.

Outra causa da comoção foi que Furia perdeu a mãe para o câncer, em 2019, e, desde então, a família passou a enfrentar dificuldades financeiras.

A participante saiu do programa sob escolta policial. O valor do prêmio do Gran Hermano equivale a cerca de R$ 115 mil.

Assista ao vídeo de tentativa de invasão aqui.