ISTOÉ Gente

Por posicionamento político, Bruno Gagliasso diz ter sido “tratado como bandido”

Crédito: Reprodução/Instagram

Bruno Gagliasso usou o Twitter, para desabafar sobre as hostilidades de que ele e sua família foram alvos por conta de seu posicionamento político. O ator, famosos por diversas novelas da TV Globo, comentou sobre o tratamento que recebeu de policiais em uma rodovia, durante viagem no Rio de Janeiro.

“Meu carro com a minha família foi parado pela polícia na estrada de Buzios e trataram a gente como bandido. ‘Os lacradores devem estar cheios de drogas no porta malas’.”, disse. “Tinha brinquedo da minha filha e roupa da minha filha”, concluiu.

Veja também:
Mãe de Neymar termina namoro com modelo Tiago Ramos
Walcyr Carrasco sobre Regina Duarte: “Destruiu sua imagem”

Gagliasso também aproveitou o espaço para lembrar que antes das eleições presidenciais, Giovanna Ewbank, esposa do ator, lhe pedia para que se não fizesse mais pronunciamentos por política. Ela temia mais retaliações.

“Durante meses, a Giovanna implorava para eu não falar nada sobre política porque ela não aguentava mais os ataques dessa gente imunda. E, agora, eles estão no poder”, escreveu.

Ainda em seu desabafo, ele comenta sobre as fake news que foram publicadas a seu respeito nas redes sociais: “Recebi um e-mail de uma senhora que era minha fã há anos pedindo que deixasse de apoiar a pedofilia”.

“Passamos meses tentando entender o que estava acontecendo, sendo difamados. Postaram fotos minhas com meu amigo de mais 18 anos dizendo que ele era meu namorado e a Gio era ‘fachada’ para esconder a pederastia”, completou.