Ediçao Da Semana

Nº 2742 - 12/08/22 Leia mais

O Corinthians decidiu suspender as ativações da empresa Taunsa após o atraso nos pagamentos ao clube, relativos aos patrocínio e salário do meia Paulinho.

Sem conseguir contar com o dinheiro prometido pela empresa do agronegócio, o alvinegro paulista precisou cumprir o compromisso com o jogador, pagando seu salário sem o patrocínio previsto em contrato com a Taunsa.

A informação da retirada das ações publicitárias já havia sido comunicada pelo diretoria ao integrantes do Conselho de Orientação do Corinthians (Cori), na última terça-feira (29).

O time de Parque São Jorge inclusive emitiu uma nota oficial sobre o caso, explicando os motivos da retirada da marca nos espaços do clube.

Veja a nota na íntegra:

O Sport Club Corinthians Paulista informa que estão suspensas as entregas previstas no contrato com o grupo Taunsa a partir desta sexta-feira (1).

O clube continua as conversas com a empresa a fim de buscar uma solução amigável para o cumprimento dos compromissos já assumidos pela Taunsa, sem perder de vista a celeridade necessária e a prioridade dos interesses corinthianos, mantendo a confidencialidade devida em relação aos detalhes de tal negociação.