Esportes

Por ameaça de coronavírus em presídio, Ronaldinho Gaúcho passa por exame no Paraguai

Crédito: Reprodução/ YouTube

O presídio em que Ronaldinho Gaúcho e Assis estão presos, no Paraguai, passou por um processo para averiguar se algum preso está infectado pelo coronavírus. Todos os detentos foram submetidos ao procedimento nesta quarta-feira (11), conforme o jornal O Dia.

Assim como em outros locais do mundo, as autoridades paraguaias cancelaram eventos e restringiram as atividades em muitos locais do país. Entre os lugares com restrição estão os presídios, Ronaldinho e seu irmão receberam a visita dos seus advogados nesta quarta, mas há um controle de visitas pelos médicos na detenção.

Além das restrições, o Judiciário paraguaio teve suas atividades paralisadas. A medida, porém, não deve atrapalhar o caso do craque brasileiro e do seu irmão. Ambos tiveram um pedido de prisão domiciliar negado na última terça-feira (10).

A defesa de Ronaldinho deve apelar para instâncias superiores da justiça paraguaia. Os advogados afirmam que o ex-jogador não tinha ciência do passaporte adulterado.

Veja também

+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel